[Português] Semana de 21 a 27 de Fevereiro

Semana de dedicar energia ao respeito. Respeita-te e respeita aos outros. Não é apenas determinar limites na tua opinião e ação, mas entender que os outros também têm seu campo de ação. Permite-te ou não de acordo com tua responsabilidade, ou tua capacidade de permitir, que os outros sejam o que eles querem. Não és um juiz que determina ou decide qualquer coisa. Semana para ver como a tensão cria limites e respeito. Respeita-te, e determina até onde podes ir. Respeita aos outros e permite que cada um seja como quiser. Darás importância a quem merece, mas esquece quem já não faz parte da tua vida. Deixa-os falar sobre ti. Deixa fazer qualquer coisa, porque tu não tens control sobre isso. Mas sim, pede respeito com energia quando invadem o teu campo. E dá respeito quando entendes que alguém merece. Semana de conflitos, confusão, mal-entendidos, onde todos estão nervosos porque perdeu-se o respeito às fronteiras, hierarquias e instituições. Estamos num colapso de estruturas, porque no passado, os mesmos líderes permitiram isso. Tempos de mudanças estão a chegar nas hierarquias, procurados por outros, sem saber ler os tempos, os teus tempos, as tuas realidades, e possivelmente a tua hierarquia não os veja. Não será um castigo, será uma mudança radical que, além de necessária, cria aqueles pequenos caos que abrem as portas para novas formas de organizarmos-nos. O dinheiro faz a mesma coisa, perde-se no labirinto para sair do outro lado transformado em valor. Veremos a continuação como será.

Dinheiro: semana de responsabilidades diante perdas e confusões.

Trabalho: semana de dar sem receber. É hora de pesquisar.

Amor: semana para conversar.

Nas decisões: semana para dar prioridade ao pessoal. O bem comum exige respeito.

No plano material e dinheiro

O dinheiro exige respeito. Das o teu valor justo, mas com respeito. Isso significa que não tomes a energia da coragem tão levianamente. Paga pelos teus erros, mas não pagas pelos abusos daqueles que ficaram com raiva de ti. A raiva não tem preço, é apenas a emoção de quem quer vingança. Não des importância. Semana de tomar cuidado com os abusos de quem quer mais do que deveria, a ambição cega quem só valoriza a vida com dinheiro. Respeita o teu trabalho e respeita o teu valor. Não dês o que alivia alguém que vai pedir novamente. Aconselha o progresso como um modo de vida. Talvez seja hora de deixar de lado a quem bebe do teu trabalho e sofrer um bocado de sede. Ninguém morrerá e ninguém sofrerá além da sua consciência e da sua raiva momentânea. É uma semana para observar os interesses pessoais de quem vê o dinheiro como um direito e uma liberdade. O dinheiro é uma energia e, como tal, move ambições ou move o progresso.

No plano sentimental

Semana para falar profundamente sobre o alcance dos sentimentos. Acontece um evento único que permite-nos estar juntos e envolvidos no abrir sentimentos. Pouco a pouco entendes a maturidade do amor e da amizade. Não é ajudar, é admirar e desejar. Semana para ter cuidado para não confundir desejo com sentimentos. A tua ansiedade acelera quando trata-se de promessas que não cumprirás. Falar não é prometer nem fazer planos. É abrir o teu coração em histórias e lições que dão coragem para perceber que estas consciente. Nem todos estão no teu caminho, e nem todos abrem os seus sentimentos para a imaturidade do seu momento. Talvez tenha chegado o momento de não atrasar a tua certeza, e não manter o que te pesa. É mais caro do que se abrir para um novo caminho.

No plano das experiências

Semana para perceber que há uma certa energia de engano em todos os lugares. Obriga a abrir os teus olhos, não com atitude de suspeita, mas com energia para ler duas vezes. O desespero elegante é aquele em que não percebes como acabas envolvido no que não é conveniente para ti. Cada um com os seus problemas. Isso implica que, com a ambição no teu próprio sentido de vida, não peças lealdade e companheirismo a quem não vê o que tu vês. Não lamentes. Semana onde a energia divina só oferece consciência para abrir os olhos. São tempos de decisões, algumas dolorosas, outras aceleradas, de abrir mão do que não é teu, e entrar no que te leva à realização pessoal. Não é necessariamente entendido como egoísmo, mas é hora de te dedicares a ti mesmo. Se estamos testemunhando a grande transformação do mundo, porque não começar a tua própria que te prepara para novos tempos.

fernandoconfianza-1

Donativo

Obrigado pela generosidade para poder continuar a desenvolver este trabalho.

5,00 €