[Português] Semana de 17 a 23 de Janeiro]

Semana para ficar nas mãos das circunstâncias, e sentir que no meio da confusão, tudo se orienta para uma ordem conveniente. Estamos atrasados ​​e provavelmente não chegaremos a tempo. E não por falta de habilidade, mas porque estamos diante de outros que deveriam estar do nosso lado, mas os outros impedem ou estragam o plano traçado. Esta semana existe um choque entre o que precisamos substituir e o que não funciona, por uma força que precisa preservar o que sabemos. Que é melhor? Melhor não tem a ver com a comparação com um resultado esperado, mas com qual posição tem mais força, entendendo que força é medida por quem quer criar problemas para impor seu poder sobre os outros. Quem atrapalha, quer poder. Semana para entender que todas as dificuldades fazem parte de uma grande questão de consciência sobre o que realmente queremos para as nossas vidas. Um presente muito confuso está a Ser construído para obrigar-nos a nos definir e decidir.
No plano da matéria e do dinheiro
Semana de sentir condições e pressão para cobrar o que merecemos. Existem dificuldades com o encontro com grandes quantias porque há muitas mãos envolvidas. Talvez o dinheiro seja demasiado importante num momento em que temos que criar formas de promover projetos que vão na velocidade da transformação. Finalmente, o dinheiro virá, e surpreende-nos  com idéias nas nossas mãos, e não com fome e sede. A necessidade de nos sentirmos seguros invade-nos e criamos maus tratos e frustrações internas que nos enchem de dúvidas. A falta de confiança afasta a fortuna que buscamos. Com coragem sobre o que nos enche de ambição faremos a grande surpresa do encontro com a abundância.
No plano emocional
Semana de encontros e conversas com amigos que nos mexem por dentro, enchendo-nos de boas perguntas para entendermos a nós mesmos e os nossos sentimentos. Procuramos essa clareza sentimental, não porque estamos confusos, mas porque queremos a perfeição. A perfeição apenas afugenta os bons relacionamentos e podemos tornar-nos implacáveis ​​diante dos erros de outras pessoas. A tolerância e a boa disposição permitem que a amizade caminhe com passos alegres. O amor está em nós, e temos uma conversa muito profunda sobre o que acreditamos e queremos para as nossas vidas. O parceiro ou os sentimentos profundos por alguém tornam-se o refúgio para experimentar a ternura que nos dá equilíbrio na vida real. Mas, acima de tudo, redescubra aquela estima pessoal que fortalece as nossas crenças e sentimentos por nós mesmos.
No plano espiritual
Semana para tirar dúvidas pessoais sobre o altar sagrado da nossa casa. São dias em que nos sentimos pressionados e não podemos tolerar mais. Ninguém nos pede que aguentemos, mas chegamos à conclusão de que suportamos muitas perturbações porque não estamos dispostos a abrir mão dos nossos confortos. Fora deles, a paz reina em toda a sua majestade. O preço que temos que pagar pelo que gostamos ou nos dá uma sensação de estabilidade é proporcional ao que temos que tolerar. A saída da angústia é confiar na Fé interior que nos encoraja a procurar a calma e a serenidade. Nem sempre podemos ser medidos pela produtividade ou atitude de lucro, pois a natureza e o espírito deste planeta não é acumular, mas viver a experiência. Esses dois princípios manifestarão-se permanentemente nesta semana, e teremos que limitar o nosso conforto e decidir o que fazer com essa necessidade de fazer e fazer para sentir que somos produtivos. Tudo o que nos rodeia vai para a simplicidade e cheio de significado. Semana para reencontrar o equilíbrio, dando espaço ao silêncio do Ser em toda a sua majestade acima da realidade.

Donativo

Obrigado pela generosidade para poder continuar a desenvolver este trabalho.

5,00 €