[Português] Semana de 10 a 16 de Janeiro

Semana para perceber aos poucos que é um ano inevitavelmente de mudanças, de resolver questões eternamente em conflito, e finalmente determinar quais são as forças que nos impulsionam a criar novidades na nossa vida, porque parece que se não decidimos, o universo vai decidir por nós. E não é uma ameaça, mas sim uma evolução que nos obriga a refletir sobre o plano onde queremos melhorar como pessoa e onde queremos uma evolução radical. Muito poucas coisas serão preservadas como as conhecemos, especialmente aquelas relacionadas a sentimentos, crenças e valor pessoal. Decidir é a chave. Esta semana teremos alguns sustos que não acontecem aos adultos nas áreas de casa, trabalho, saúde ou relacionamentos que nos interessam. Será bom ter consciência suficiente para entender que são anúncios de onde temos que decidir alguns destinos. É uma semana de conflitos que só mostram como ainda negamos uma transformação que já aconteceu, querendo com grande imaturidade que o passado nos seja devolvido. Semana de discussões regidas pelo ego que exige reconhecimento ou atenção às nossas propostas. O mesmo ocorre na gestão de empresas e governos, onde voltará algum ímpeto para deixar as coisas como antes. O caos acontece quando não entendemos que o tempo está indo numa direção e gastamos energia ao querer impor a nossa atenção sobre a dos outros.
No plano material e dinheiro
Semana de confusão e mal-entendidos por distrações ou pouco interesse nas atividades que realizamos. Teremos que fazer muito esforço para nos mantermos focados, pois o mau gosto ou agressividade alheia atrapalha nosso desempenho impecável. Semana para fazer grandes esforços para cobrar algumas dívidas ou cumprir os pagamentos. Eles podem ser adiados ou atrasados ​​devido a aborrecimentos pessoais ou caprichos de alguém que quer ser importante. Será muito triste para os imaturos, como alguns negócios são conduzidos pelo desejo de serem governados pela importância pessoal, e não pelo senso de transcendência. São tempos em que o cliente cada vez mais compra nas empresas que fazem o bem às pessoas, mas nem todos compartilham dessa visão, pois acreditam que as empresas são plataformas para serem famosas.
No plano sentimental
Semana para encontrar refúgio nos sentimentos de amizade e amor. Estamos em uma ascensão sentimental. É lá que encontramos calma e alegria para que a intuição atue em outras áreas da nossa vida. A importância de nos amarmos e mostrarmos afeto também faz-nos dizer realmente porque não gostamos de alguns amigos que parece que decidiremos retirá-los da nossa vida. Semana para exigir respeito por quem somos e pelo que temos. Ninguém tem permissão para condicionar a amizade aos conflitos do passado, porque amizade é aceitarmo-nos como somos, ou não. Como os sentimentos estão a aumentar e nós estamos cheios de força sentimental, as nossas mãos não tremerão para encerrar um relacionamento ou participar de um grupo de amizade.
No plano espiritual
Semana de decisão connosco mesmos. Semana para falar silenciosamente com os nossos corações e nomear o que é bom para nós e o que nos embriaga. Semana a ser decisiva com a qualidade dos sentimentos, levando-o a ações concretas, mesmo que prejudique ou deteriore o nosso presente, que sabemos ser provisório, pois estamos a passar por transformações e mudanças radicais. Isso assusta quem carrega inveja, desconforto, conflitos e ressentimentos do passado, pois saberá que é o fim de uma etapa. Estes são dias para limpar os nossos corações de mal-entendidos, complicações e más intenções. E eles podem desculpar-se ou arrepender-se de nós, mas a nossa decisão está tomada, porque estamos a descobrir que a nossa evolução é sem aqueles que têm mentes sujas, línguas sujas e corações sujos. A limpeza dá-nos luz de fundo, leveza e ensina-nos que talvez sejamos nós que não fazemos o bem, porque sim, podemos estar do outro lado e ser a causa de algumas dores. Deixem-nos saber como nos aposentamos com dignidade, e aprender que para amadurecer esse tipo de coisas tem que acontecer.

Donativo

Obrigado pela generosidade para poder continuar a desenvolver este trabalho.

5,00 €