[Português] Semana de 27 de Dezembro a 2 de Janeiro

Semana para pesquisar e encontrar aquela lista de tesouros que uma vez escrevemos com tanta devoção. Estes são dias em que o universo responde de maneira semelhante ou próxima às nossas palavras de desejo, que estão possivelmente associadas a emoções e sentimentos de realização. O Universo não conhece a riqueza em ouro, conhece a plenitude e a serenidade, o sorriso e a confiança como riqueza. Além disso, é uma semana para começar – ao contrário das confusões á nossa volta – aquelas atividades tímidas que darão forma a grandes projetos, que são as pistas do que será um tesouro daqui a algumas semanas. O importante é começar e vivenciar a vida com detalhes e entusiasmo, para que as ideias e a ambição se desenvolvam no coração. Semana para sentir vontade de ter projetos que nos façam sorrir. Sentiremos esse impulso para que façamos o resto. Não é comprar conhecimento ou ter alguém que nos diz exatamente o que temos de dizer para nós mesmos. Outros podem generosamente ter conversas connosco sobre os sonhos e possibilidades. Podemos fazer sessões de Procura do Sentido da Vida para que nos nutram de orientações luminosas. O importante é poder confiar em quem queremos construir estradas. São tempos de dar importância ao que nos dará inspiração para podermos viver a transformação geral que vivemos nestes anos. É uma boa semana, porque os tesouros estão por toda parte, só precisamos de uma atitude de busca de tesouros, e não de uma atitude de procura de riquezas.

No plano material e dinheiro 

O dinheiro está disfarçado em espíritos de abundância. O lucro não vem depois de comprar um negócio lucrativo já feito e construído, porque quem o construiu semeou a sua ilusão, a sua esperança, a sua magia e o seu sonho no que se tornou magicamente lucrativo. A magia do dinheiro consiste em primeiro sonhar e depois materializar em riqueza. É uma semana perfeita para, sem preconceitos, reunir a equipa de trabalho, reunir-se com os amigos, papel e lápis, para deixar fluir a criatividade. Não são tempos para se perder, são tempos para começar a procurar tesouros na forma de sonhos e criações. A mesma coisa acontece no mundo do trabalho. As nossas melhorias na receita de dinheiro não acontecem quando colocamos muita motivação e esforço, porque nosso negócio é trabalhar por um salário fixo. O aumento dos rendimentos extrapola o mundo do trabalho. Sem ficar frustrado, é hora de sonhar além do que sabemos e dar a chance de que seja verdade por alguns dias. Deixe a energia da abundância fluir para estes dias. Sem ter atitudes de necessidade (porque o Universo não dá o que precisas, dá o que desfrutas), queremo-la conosco.

No plano sentimental

Semana para procurar aquele refúgio nos sentimentos e no apoio que nos permite ser fortes e sólidos para os desafios da vida real. A vida real é tão diferente que procuramos o abraço familiar, os beijos de confiança, o coração que nos dá ritmo à vida. Confiamos no amor um do outro mais do que nunca, e não como uma apresentação de fraqueza, mas de cansaço. O amor coloca-nos de volta juntos. E há quem nos abraça, porque negar, se estão em sintonia de amor conosco. Semana para colocar de lado os nossos preconceitos e ser honestos no amor que carregamos dentro de nós. Às vezes, negamos porque ele não faz ou diz o que queremos. Chega de negar o sentimento. Semana para amadurecer e deixar essa pureza reavivar nosso amor.

No plano espiritual

Semana para acordar do sono e da preguiça com sensibilidade e silêncio. Sentir que estamos indo devagar faz-nos ganhar muita confiança e segurança para ver o que os anjos estão a dar atualmente. Não são sinais nem pistas de tesouro, são sentimentos que nos alimentam e nos permitem crescer e amadurecer. Precisamos deles para ver os novos mundos que se vão construindo à nossa volta, os da superficialidade e do egoísmo, como os de incrível beleza e profundidades. O invisível e as suas presenças querem falar connosco. Talvez não para alertar, mas para falar de sentimentos e bondade, do que vem para a nossa alma, do que vem para os nossos passos ao longo do caminho. Os espíritos que cuidam de nós não trazem novidades, trazem abraços de ar e luz colorida que não conhecemos, para que possamos afrouxar os fios do que carregamos, que não é mais nosso, é do tempo passado. Às vezes, lemos muitas notícias da realidade ou prestamos muita atenção aos indicadores de informação. Chegam os dias de colocar sentimentos e atitude a tudo o que lemos e descobrimos. Dados são dados, até tomarmos iniciativas. Colocar sentimentos e bênçãos no que fazemos com todas as notícias, inclina-nos para frente, sem calcular o tamanho do desafio. É uma semana para perceber que o invisível quer que demos um passo, de confiança ao que não precisa de previsões, mas de sonhos e votos de felicidade, como o que nasce na arte de rezar. 

fernandoconfianza-1

Donativo

Obrigado pela generosidade para poder continuar a desenvolver este trabalho.

5,00 €