[Português] Semana de 23 a 29 de Agosto

Semana para nos sobrepormo-nos á maturidade. Ficamos impressionados com a forma de como encaramos com altivez e elevado entendimento os acontecimentos que nos rodeiam, do quotidiano ao transcendente. O que vemos com horror, suspeita, intriga, dúvida ou medo há algumas semanas, hoje já começa a ser visto na sua plena forma, fazendo com que as dúvidas sentimentais, obstáculos económicos, decisões confusas, tornam-se mais reveladoras, percebendo esta semana o que continuamos para o nosso bem, o que será negado no futuro, e o que devemos afastar para sempre. Semana para compreender, talvez não para decidir, porque esperamos algo ou a nossa intuição pede-nos calma, reserva ou paciência. Possivelmente nada mudará, principalmente a nossa opinião, mas será o momento exato de entender que, quando esperamos por um sinal, um milagre ou uma variável a nosso favor, perceberemos que já aconteceu há poucos meses, e antes, o universo espera que façamos o nosso movimento final. Veem dias, semanas muito proveitosas em andamento e sentimentos, onde a sensação de seguir em frente depende da vontade com que agimos na realidade e da consciência honesta de compreender que não somos os mesmos, e passamos a gostar de quem somos.

No plano material e dinheiro

Semana lucrativa e agradável em termos de evolução. Sentimos que o progresso é natural e que vivemos tempos em que tudo brilha pelo valor e não pelo preço. Esses são os sinais de que há questões que irão prosperar e outras que estão a desaparecer. Semana para aceitar a perda de dinheiro ou objeto de valor, em substituição de um caminho e de uma vantagem que nos trará prosperidade. O dinheiro é leal quando temos uma atitude de progresso. Mas o dinheiro não é a medida com a qual pesamos a nossa satisfação. À medida que amadurecemos, ter dinheiro não faz fortuna, mas sim desfrutar de um estado de ser que nos torna abundantes.

No plano sentimental

Semana para determinar com alguma severidade os afetos que recebemos e damos. Ficamos cientes de que existem pessoas á nossa volta que acreditam que amor é controle. E nos sentimos vigiados e condicionados como se fosse uma forma de caminhar por onde os outros querem que andemos, e assim podem dizer que existe amor. O amor não é fazer o que o outro quer. Amar é admirar e valorizar a essência do outro. Assim, é uma semana de revelações e determinações no coração sobre como nos sentimos amados e valorizados por fazer ou não o que é conveniente para o outro. O que faz com que as decepções e frustrações façam-nos viver dias de grande sensibilidade esperando o momento exato de decidir o que queremos viver e o que não queremos viver.

No plano espiritual

Semana para conseguir sentir o espírito dos objetos e situações, onde podemos ler essa intuição que tudo envolve. É um momento para ficarmos em silêncio, para podermos sentir que os nossos medos, os nossos desejos e as nossas frustrações estão separados das nossas intuições para chegarmos a concluir por onde estamos a caminhar. São imagens, sonhos noturnos, sensações, detalhes que revelam o que criamos para as nossas vidas. Meses, talvez anos atrás, imaginamos o nosso presente e o fizemos com muito medo e dúvida. Isso é o que temos hoje. E entendemos que as nossas decisões e as nossas perspetivas movem-se com base em como vemos o amanhã. Uma semana para que essa intuição obriguemos a imaginarmos plenos, abundantes e realizados, onde todo o barulho do presente não faça parte do que imaginamos nos nossos amanhãs, pois esse caos confuso atual deve permanecer no hoje para viajar limpos as nossas bênçãos infinitas.

fernandoconfianza-1

Donativo

Obrigado pela generosidade para poder continuar a desenvolver este trabalho.

5,00 €