[Português] Semana de 5 a 11 de Julho

Semana de impulsos criativos, ideias motivadoras e iniciativas tenazes, que se propõem a colocar em ação a produção, o sentido de progresso e de avanço, apesar de o presente não se comporta como desejamos. Continuamos a ver as desvantagens como se fossem obstáculos, quando são apenas as nossas facetas de querer controlar tudo e ficamos frustrados quando não é como queremos. Tempo para superar com consciência, paciência e persistência o que já exige maturidade diante dos tempos que se apresentam. A culpa não é de ninguém, apenas das obsessões daqueles que nos rodeiam ou estão presentes nas nossas vidas. A semana recomenda que abandonemos as instruções de quem apenas procura o seu poder pessoal. Vamos percebendo a importância pessoal do querer ser importante não adiciona ou contribui para o nosso progresso. Possivelmente era antes, e hoje, muitos são os motivos para aparecer apenas criando problemas e labirintos, quando o que mais precisamos é da fluidez e boa disposição de uma equipa, de um grupo de colaboradores ou de quem convive connosco. Mas também, uma semana de riscos de assumir muito, fazendo com que a nossa visão de falhas, advertências e adversários distorçam a realidade. Às vezes, devido ao excesso de controle, perdemos o controle, distorcemos e intervimos de forma desproporcional. As comunicações não são claras porque podemos transmitir as nossas suposições e não as informações puras. É uma semana para terminar os nossos processos de atraso nas sombras dos nossos medos, onde reagimos, exploramos, enraivecemos ou exageramos porque as nossas feridas, sofrimentos, deficiências e tormentos ainda não foram explicados com gentileza e sentido do passado, acreditando que eles estão vivos no presente, acreditando que nos afetam hoje que ninguém se lembra.

No plano material e dinheiro

Semana onde a boa notícia no mundo das oportunidades, floresce com grande intenção para as nossas ambições. Há um despertar do espírito de progresso que motiva e emociona, embora também aumente a carga de trabalho. O dinheiro chama com intenções a partir da transformação do que nos parece conhecido, para que o dinheiro seja sobre as novas formas, os novos lugares, as novas atividades e não sobre o tradicional. Semana para confirmar que temos o suficiente e que é o nosso medo que nos leva a acreditar que cairemos numa grande pobreza. Melhor atender as causas e motivos do medo, em vez de acelerar e torturar quem não faz o que queremos. Um mau chefe só funciona com a ameaça, que nada mais é do que a expressão das suas deficiências e medos pessoais. Às vezes, a compreensão é a única maneira. E cada um com suas dores.

No plano sentimental

Semana para ter ideias para o bem comum. A privacidade não está no seu melhor porque existe um desejo de favorecer as ideias do grupo de amigos, da família, do clã dos nossos hobbies ou atividades. Precisamos da comunidade como um verniz sentimental sobre o íntimo e privado. O amor purifica-se com força, separando a consciência do sentimento de amor do sentimento de afeto. O casal é fundado no afeto, mas o casal vive apenas no amor. E o amor é manifestado, não apenas declarado. Momentos para marcar a fronteira e ser categórico no que não faz pleno, no que nos afasta da felicidade.

No plano espiritual

Semana para nos motivar a conhecer experiências espirituais. Semana de ordenar os nossos altares, de cuidar do sagrado, de compartilhar experiências que iluminam as nossas almas. Descobrimos que a alma precisa de Fé. Uma semana para a Fé viver o encanto de uma história cheia de magia, um motivo emocional para renovar a clareza de crença e, acima de tudo, estar com quem participa das nossas crenças. Não vamos tentar convencer ninguém, pois cada um tem sua maneira de falar com o divino. E cada um dá prioridades diferentes para o mágico e espiritual. A fé é pessoal, e concordamos ou não no que nos leva a nos descobrirmos envoltos nessa magia que nos permite olhar o horizonte com uma certa doçura, como se a nossa alma eterna nos esperasse na próxima temporada de maravilha interior.

fernandoconfianza-1

Donativo

Obrigado pela generosidade para poder continuar a desenvolver este trabalho

5,00 €