[Português] Semana de 15 a 21 de Fevereiro

Após as primeiras 6 semanas deste ano, com lua nova, entramos num período de aceitação do que temos. Aceitemos que perdemos e vencemos, e quebremos os velhos tempos para instalar os novos de maneira adequada. Sob esse olhar, compreendamos de imediato que tudo á nossa volta acompanha-nos para ser útil. E somos profundamente abundantes, porque temos tudo o que precisamos e dão-nos ou oferecem-nos o que nos falta para completarmo-nos. É uma semana para parar de se sentir carente e miserável, desamparado e azarado. Chega. Temos ideias e esperamos sair do comum para entrar nessas especiais, aquelas que estão cheias do nosso perfume e da nossa energia. Sonha grande, atua especificamente. Possivelmente num futuro próximo, iremos surpreender aqueles que nos rodeiam com a ação das nossas idéias. Ninguém disse que sair da caixa fosse fácil, mas iremos com o nosso, com a essência, com a nossa paixão. Semana urgente onde temos o dever de iniciar a nossa criação. Mas também cria um método e uma maneira muito própria. Cria calendários, planeia o tempo. Fazer testes, volta ao plano. Cria e executa. Da mente às mãos, com o coração como ponte.

No mundo da matéria e do dinheiro

Semana para derrotar o inimigo do pessimismo e da incerteza. São energias muito rígidas semeadas na nossa infância sob a frase “tu não podes”. Alguém nos convenceu de que não éramos fortes, disse-nos que não era para nós, mentiu-nos quando nos ensinou a contentar-nos com pouco mas com certeza. Nós julgamo-nos e permanecemos amarrados à corda que colocamos no pescoço. Semana para dar um pequeno golpe e cortar as crenças limitantes que nos impedem de chegar ao mapa do tesouro. O dinheiro está à nossa frente e não vem do passado, mas temos que criá-lo na ponta dos dedos. Semana para colocar força na ideia e no plano. Sem pequenas coisas. Sempre o grande e o novo ou de novas maneiras. Sabemos que o mundo se abrirá novamente, mas de uma forma nunca vista antes. Portanto, temos que nos preparar para novas maneiras de trocar nosso valor por riqueza.

No plano sentimental

Semana para que os nossos costumes, limitações e crenças rígidas reprimam paixões e sentimentos que procuram corações com coragem. Não é desafiar leis ou condições, mas crenças. Talvez esperemos que o amor aconteça de uma certa maneira e descartamos outras porque planeamos ficar excitados de uma certa maneira. Chega de saber. E isso implica compreender que o conhecido fez-nos sentir e viver o que temos hoje. A abertura de novas formas de amor e amizade leva-nos a deixar o que nos dói e receber o que nos envolve. Talvez não conheçamos a bondade, o sentimento, a admiração e o desejo em sua expressão máxima. Não vamos nos contentar com o que sabemos que existe. Vamos pedir mais. Não com exigência, mas com prazer e paixão. Pedir e oferecer num equilíbrio doce e delicioso.

No plano espiritual

Semana para parar de cair na mesma armadilha de suposições. A criatividade e as idéias devem criar abundância e bondade, e não inventar cenas imaginárias com consequências desastrosas. As suposições destroem o que é possível antes que aconteça. E as suposições destroem a paz de espera. Ficamos perturbados porque permitimos que a imaginação aja da melhor maneira. Nada é tão terrível, pelo contrário, tudo tem a sua intenção. Deixa as coisas acontecerem para que possas ter uma opinião e decidir. Podes dar a tua opinião com gentileza e decidir com determinação. Nada pela metade. A fé move-nos com grande força. Semana a ser arrastada para terrenos difíceis. Se duvidarmos, podemos ser confundidos com os nossos medos diante da incerteza. Teremos que dizer o mesmo, corretamente. Teremos que mostrar nossa força. Teremos que mostrar a nossa vontade de criar e encontrar novos tempos. Teremos medo. Nunca experimentamos essas maneiras de reagir. Semana que nos permite receber tudo como uma boa notícia. Com calma e boa disposição, mais com uma cara de curiosidade e não de horror. É tudo uma boa notícia, porque nos permitirá abraçar com amor o que vem por nossa bondade, e podemos decidir o que precisa de generosidade e sentimento. Também saberemos o que vamos ganhar e perder. Nunca perderemos quando conhecermos o nosso amor interior. Existe outra metade que pensa diferente de nós. E nenhum deles está errado. Cada parte age de acordo com suas crenças. Ninguém vai vencer o outro. Só os mais serenos e os mais preparados para o novo triunfarão. Nem tudo é para todos. Mas o que é para nós sempre traz luz, valor, dignidade e liberdade. A liberdade de saber que estamos aqui hoje e em outro lugar amanhã, porque não temos nada para cuidar ou proteger. Somos o que carregamos: ideias, sentimentos, pensamentos, valores, princípios humanos e, acima de tudo, a bondade como moeda de troca.

fernandoconfianza-1

Donativo

Obrigado pelo teu donativo. Agradeço inmenso a tua generosidade.

5,00 €