[Português] Semana de 25 a 31 de Janeiro

Esta semana, é melhor escolher fazer menos e ter mais tempo para refletir sobre cada movimento, decisão, passo ou atitude a tomar. É uma semana em que a velocidade lenta ganha os seus troféus por ter a prudência de não responder ou reagir de maneira imprudente. Às vezes sentimos satisfação em fazer muitas coisas ao mesmo tempo, e nesta semana é onde está o erro, a perda, a falta de jeito ou a pouca diplomacia, onde algo tão simples torna-se um labirinto de mal-entendidos, ou é prejudicado pelo ímpeto pouco elegante. Semana para contar lentamente o dinheiro, pois falta nas nossas contas e não podemos perceber onde foi perdido ou está preso. Como também nas emoções: devem-nos bons momentos e atitudes mais amorosas. O melhor é transformar essas frustrações em compreensão amorosa,  o que me devem, damo-nos para o prazer pessoal. Vivemos uma semana em que adiar viver como gostamos dá-nos vontade de sonhar e sentir o sabor do começo dos nossos sonhos. Porque estamos com pressa, andaremos mais devagar.

No plano material e financeiro

Semana para fazer balanços econômicos, e descobrir onde os projetos e arrecadações estagnaram, perante as nossas contas, recebemos menos. Semana em que se revela a desordem das nossas administrações. Somos abundantes e abençoados por tudo o que temos, mas não sabemos como quantificá-lo. Quem se preocupa sempre com dinheiro, sente sempre que falta. Abundância é confiar mais na motivação do que vivemos do que desafiar o que nos angustia. Chegam dias em que novas iniciativas inspiram-nos, distraindo as obrigações que estão tornando-se cada vez mais incômodas. Mas prestamos atenção no que constrói os sonhos, pois como o mundo enfrenta o seu momento, talvez não precise de soluções, mas de inspirações para novas formas de viver. Em breve teremos de decidir como simplificar nosso mundo material, porque a luz viva permite-nos ser flexíveis diante de novos desafios. É melhor pensar bem nessa variável antes de solicitar um empréstimo que nos faça sentir pressionados por tempo e esforço.

No nível sentimental

Semana para superar dívidas emocionais e reivindicações de alguns erros sentimentais do passado. Vivemos como nos sentimos e hoje a nossa obrigação é superar o que não aconteceu ou o que não decidimos a tempo. Semana para transformar esses rancores e invejas em tempo para nos recompensarmos. Talvez, com alguma irresponsabilidade, são tempos em que permitimo-nos gozar os momentos mais do que trabalhar. Não teremos que pagar mais pela nossa atitude, mas teremos a obrigação de valorizar a satisfação de poder dar-nos permissão para sentir e viver mais emocionalmente connosco e com os outros.

No plano espiritual

Semana para sentir o alívio energético daquilo que nos impele. Os nossos espaços parecem mais leves e mais purificados, como depois de uma oração profunda ou meditação cuidadosa. Parece que o mundo invisível dos nossos anjos e divindades é mostrado com sinais que, possivelmente, assustam ou chamam a atenção. Não vamos acreditar que eles querem comunicar-se connosco. A presença divina apresenta-se para dar bênçãos. Se falam, fazem-no por intuição e ideias espontâneas. Podemos sentir medo à noite pelo que os nossos sonhos revelam. Semana para considerar os sonhos como avisos, mas para agirmos e não como um conjunto destinado. E a melhor forma de ter uma atitude em relação aos nossos pressentimentos é saber que estamos em paz connosco mesmos e que nada é tão terrível ou horrível, porque quando nos temos para nós mesmos, sentimos que o poder e a energia da nossa oração que agradece pela vida e pelo que temos para viver, basta saber que nada nos perturba e nada nos atormenta. A serenidade é trazida para dentro deixando de supor, e antes, dedicando-se a coletar evidências que apenas indicam tempos de calma, tempos de ter tempo, tempos de estar connosco.

fernandoconfianza-1

Donativo

Obrigado pelo teu donativo. Agradeço inmenso a tua generosidade.

5,00 €